Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Zé Ronaldo quer vaga na majoritária de ACM Neto, apesar dos acenos a Roma


 O ex-prefeito de Feira de Santana e candidato a governador da Bahia em 2018, Zé Ronaldo (DEM), tem corrido trecho pelo interior do Estado, independente da agenda de ACM Neto (DEM). O político feirense tem um objetivo e o busca com persistência: quer uma vaga na majoritária netista.

“Eu estou trabalhando com a hipótese de fazer parte da chapa majoritária a vaga do Senado ou vice governador. Estamos trabalhando com diálogo com a classe política, com partido e todas as pessoas para somar e multiplicar a vitória de Neto para governador”, disse ao BNews na noite da segunda-feira (27) durante inauguração do Horto Florestal de Camaçari. 

Apesar da pretensão, e já deixou claro que não será candidato na proporcional, Ronaldo foi destacado por ACM Neto, recentemente, em Feira de Santana, como um quadro que iria compor seu futuro governo, caso eleito. Deixou nas entrelinhas a possibilidade do feirense não participar da composição. Esbarra no intuito do ex-prefeito de Salvador fazer uma chapa mais jovem, quadro que não o encaixaria. 

Ronaldo, mesmo após esse movimento, não diminuiu o ritmo da sua pré-campanha e chegou a ser visto em eventos junto ao ministro da Cidadania, João Roma (Republicanos) - outro pretenso candidato a governador. 

LEIA MAIS: ACM Neto nega atrito com Zé Ronaldo por causa de João Roma: "É fofoca"

Dada sua experiência e vitórias sucessivas na segunda maior cidade do Estado e também segundo maior colégio eleitoral, não é uma carta fora do baralho entre os players de 22

Ainda questionamento pelo BNews no evento da cidade da região metropolitana de Salvador sobre o MDB buscar uma vaga majoritária de Neto, o antecessor de Colbert (MDB) destacou que o movimento faz parte do jogo. 

“Legítima, faz parte desse processo. Os partidos tem o direito de participar de todas essas questões partidárias. É um momento rico. É ano que antecede eleição, então todos esses pleitos são legítimos”. 

Classificação Indicativa: Livre


/ BNews  Por: Pedro Vilas Boas e Victor Pinto

Nenhum comentário