Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

PSD vai criar comissão para acompanhar possibilidade de impeachment de Bolsonaro


 As ameaças e discursos em tom golpista arruinaram de vez a relação do PSD com o governo Bolsonaro. O partido liderado pelo ex-ministro Gilberto Kassab vai criar uma comissão para acompanhar a possibilidade de impeachment do presidente da República.

Apesar das articulações regionais, no âmbito nacional o partido se descola cada vez mais do apoio ao Planalto. 

A comissão vai analisar permanentemente a conduta de Bolsonaro e os seus próximos pronunciamentos, para ajudar a definir qual será o posicionamento da sigla de agora em diante.

O senador Nelsinho Trad, o deputado baiano e líder do PSD na Câmara, Antônio Brito, e o próprio Kassab, serão os membros da comissão, segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

"A cada dia vemos aumentar a instabilidade e o PSD está acompanhando essa situação com muita atenção", afirma Kassab.

"Temos avaliações de alguns importantes juristas apontando que apenas as falas, as manifestações, seriam razões suficientes para justificar o processo. Vamos acompanhar a conduta do governo para determinar, ou não, a defesa e o apoio a um eventual processo de impeachment do presidente da República", acrescenta.

O ex-prefeito de São Paulo destaca que a fala de Bolsonaro de que não acataria mais nenhuma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), "é muito preocupante".
 

Classificação Indicativa: Livre


 Por: Antonio Cruz/Agência Brasil 

Nenhum comentário