Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Sérgio Reis deve R$ 640 mil à União em multas e impostos não pagos


 O cantor e ex-deputado bolsonarista Sérgio Reis deve R$ 640 mil à União. A maior parte do montante é em impostos federais, de acordo com a coluna de Guilherme Amado, no Metrópoles. Nos últimos dias, Sérgio Reis anunciou um ato pró-Bolsonaro com caminhoneiros, que negam apoio à pauta.

Registros da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional apontam que Sérgio Reis é sócio-administrador de duas empresas que possuem Dívida Ativa da União, a Vanelli Produções Artísticas e a Sérgio Reis Produções e Promoções Artísticas, ambas fundadas em 1988.
 

Leia também
Sérgio Reis está "deprimido" após ser criticado por caminhoneiros, segundo esposa
Sérgio Reis será investigado pela Polícia Civil por ameaças contra democracia
Sérgio Reis organiza manifestação com caminhoneiros a favor de Bolsonaro

A primeira empresa deve, ao todo, R$ 438,1 mil à União. Deste montante, R$ 363 mil são em impostos federais não pagos, R$ 36,3 mil são em multas trabalhistas e R$ 38,8 mil são em FGTS atrasado. A empresa é considerada "inapta" pela Receita Federal, já que não apresentou declarações fiscais. Mesmo assim segue na lista de devedores. Já a segunda companhia tem R$ 201,2 mil de dívidas tributárias.

Nos últimos dias, Sérgio Reis convocou um ato pró-Bolsonaro e ameaçou o Senado e o Supremo Tribunal Federal (STF). 
 




 Por: Reprodução / TV Globo 

Nenhum comentário