Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Rui Costa afirma que Brasil é o "pior país do mundo na pandemia"


 Rui Costa concedeu entrevista ao apresentador José Eduardo, na tarde desta quarta-feira (17), e falou sobre diversas ações do governo para amenizar o sofrimento de quem vem sofrendo com a pandemia do novo coronavírus. "Ontem nós lançamos apoio à população que tem filho nas escolas estaduais. O primeiro é o Programa de Monitoria. São 58 mil jovens que tiraram nota acima de 8 e vao ajudar seus colegas e vamos pagar uma bolsa de R$ 100. O sgundo é o pagamento do Vale-alimentaçãoo, que vamos fazer em três parcelas para os 750 mil alunos da rede pública estadual. O terceiro é o apoio financeiro às familias que estão no Cadastro Único, que têm o perfil cadastrado como pobres ou extremamente pobres, com filhos em escolas estaduais. São 260 mil familias que irão receber R$ 150 durante seis meses". Segundo o governador, o objetivo das medidas é garantir a volta às aulas "com toda energia, com toda força, para que esses alunos concluam seus estudos".

O governador também citou um pacote de medidas direcionadas às diversas atividades econômicas e aos microempreendedores que foram prejudicados por causa dos decretos restritivos. 

Rui também afirmou que outras medidas serão anunciadas ao longo da semana: "Vamos anunciar ao longo da semana conjuntos de medidas que estamos amadurecendo. O objetivo é dar apoio, suporte para a retomada das atividades".

O governador aproveitou a oportundade para falar sobre a situação do Brasil em relação ao combate ao novo coronavírus. "Ontem infelizmente foram quase 3 mil óbitos no Brasil. O País infelizmente entra em colapso e, por isso, tempos que segurar esse crescimento da pandemia. O Brasil não precisaria estar passando por esse momento. O único país do mundo onde os casos estão disparando é o Brasil porque as medidas não foram tomadas no tempo certo. Em agosto a Pfizer ofereceu ao govverno federal 70 milhões de vacinas pra comprar. Eu estive com a Pfizer e eles ofereceram. Eu disse que queria, mas não podia porque não tinha respaldo legal na época. Essas vacinas seriam entregues em dezembro ou janeiro. Em dezembro assinamos o pré-contrato com os russos para compra de 50 milhões de vacina Sputnik. Seriam 120 milhões de vacinas e 60 milhões de brasileiros já imunizados, e nao estariamos vivendo esse colapso. AApesar de o presidente dizer que só iríamos achar vacina na casa da mãe, não fomos na casa da mãe, mas fomos na Rússia buscar", declarou. 

Sobre a chegada das quase dez milhões de doses da vacina russa à Bahia, rui explicou: "A lei permite que a gente comuique a compra a Anvisa. A logística ainda será discutida com o Ministério, mas o fundamental nesse momento é comemorar. Fiz uma reunião com o presidente do Fundo Soberano Russo e pedi que ele olhasse com carinho a antecipação desse lote. Ele disse disse que fará todo esforço possível para antecipar a chegada".

Ainda de acordo com Rui Costa, o Brasil é o "pior país do mundo na pandemia, o vice-campeão de mortes".

 Redação BNews

Nenhum comentário