Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Jovem é preso após ironizar presença de Bolsonaro e supostamente induzir a atentado


 Um homem de 24 anos foi preso nesta quarta-feira (03) na cidade de Uberlândia, Minas Gerais, após fazer uma publicação em uma rede social ironizando a presença do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no munícipio.

No post, João Reginaldo da Silva Júnior faz uma pergunta para os seguidores sobre quem gostaria de virar herói nacional durante a presença do presidente na cidade, dando a entender se alguém gostaria de repetir o mesmo ato que ocorreu em 2018, também em Minas Gerais, mas em outra cidade (Juiz de Fora) durante as eleições presidenciais, quando Bolsonaro levou uma facada na região da barriga. "Gente, Bolsonaro em Udia (sic) amanhã... Alguém fecha virar herói nacional”, comentou. 

O jovem deixou o presídio nesta quinta (04) por volta das 18h. No Boletim de Ocorrência a informação é que guarnições foram acionadas para prestar apoio à Inteligência da Polícia Militar na prisão que seria questão de Segurança Nacional. Ao site Uol, Júnior disse que fez a publicação em forma de sátira e não esperava tomar uma proporção tão grande. "Até porque não sou figura pública, sou pessoa anônima, com poucos seguidores, fiz de forma para ser de humor para pessoas que me seguiam. (A publicação) tomou uma proporção que eu não esperava e tiraram de contexto”, comentou. 

Ele entende a situação da prisão, mas ressalva que a postagem, na visão dele, não houve tom de ameaça. "Acredito que, quando me conduziram e prestei depoimento, deveriam ter me liberado sem efetuar a prisão. Acredito que alegar segurança nacional em tuítes como o meu podem abrir precedentes perigosos contra a liberdade de expressão das pessoas”, finalizou. 

A Polícia Federal foi contatada pelo site, mas não houve retorno sobre o caso.


Por: Reprodução / Redes sociais  Por: Redação BNews

Nenhum comentário