Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Bolsonaristas criticam governadores por fechamento de hospitais de campanha, mas Bolsonaro fechou o que havia em GO

 


O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e os apoiadores de seu pai comemoraram o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para que os governadores expliquem o motivo do fechamento dos hospitais de campanha, mas esqueceram ao menos de Goiás.

No estado, os oito hospitais estaduais continuam abertos. O único que fechou foi o de Águas Lindas, do governo Jair Bolsonaro, com 200 leitos, sob argumento de queda no número de casos. Ele foi inaugurado em junho e fechado em outubro, de acordo com a coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

Nas redes sociais, Eduardo insinuou desvio de dinheiro por parte de quem fechou hospitais de campanha. “Será possível que governador usou a pandemia pra roubar o povo?”, escreveu.

Em seu ofício, assinado pela subprocuradora-geral da República, Lindôra Araújo, e enviado aos 27 governadores, a PGR cobra que os estados informem o número de hospitais criados, desativados, e pergunta também sobre a destinação dada aos insumos e equipamentos que faziam parte da estrutura.

Redação BNews

Nenhum comentário