Notícias

Rodrigo vê falta de sorte ao Vitória, mas mantém confiança na permanência na Série B



 Com três jogos a disputar na Série B, o Vitória não depende mais de si para escapar do rebaixamento à Série C. Na zona de rebaixamento, o Rubro-Negro terá que vencer o máximo de jogos que puder e ainda torcer por tropeços de adversários na luta contra a degola.

Após o empate sem gols coma Chapecoense, o técnico Rodrigo Chagas comentou a situação complicada e afirmou que tem faltado sorte à equipe. "Hoje faltou um pouco de competência, aliado à sorte. Está faltando um pouco de sorte para nós. Tivemos um volume muito grande nesse jogo, criamos oportunidades, mas infelizmente não conseguimos colocar a bola para dentro".

Apesar de estar mais próximo do rebaixamento do que da permanência na Série B, o treinador manteve as esperanças. "Acredito muito que só dependemos da gente ainda. Temos ainda três jogos e como tivemos esse empate em casa, os adversários que estão brigando para sair (do Z-4) também vão ter resultados negativos. A gente tem que fazer nossa parte, que é buscar a vitória contra o Guarani. É colocar isso na cabeça dos atletas para que eles possam entender que nós mesmos podemos sair dessa situação".

O comandante ainda revelou que irá motivar os jogadores para os três jogos finais. "Trabalhar a cabeça dos nossos atletas, fazendo com que eles possam acreditar, nos fortalecer junto com eles. O momento é ruim, negativo, mas não me sinto derrotado, pelo contrário. É nesse momento que temos que buscar superação". 

Por fim, Chagas lamentou o número de atletas que deixaram o campo lesionados e destacou que espera poder contar com eles para manter uma base da equipe diante do Guarani. "Tivemos muitos problemas nesses dois dias. Tivemos o problema do Vico. Thiago sentiu, Frizzo, Léo Ceará. Vamos ver o que acontecerá de amanhã em diante, se vamos recuperar esses atletas para pelo menos mantermos a base".

Redação Galáticos Oniine

Nenhum comentário