Notícias

Falta de acordo entre Dem e PP fará com que Orçamento Federal seja votado pela 1º vez sem tramitar por comissões

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR),  líder do governo na Câmara, admitiu que não haverá um acordo para definir a presidência da Comissão Mista de Orçamento (CMO), responsável pela análise prévia da lei orçamentária de 2021 (PLOA), que já foi enviada ao Congresso Nacional. Com isso, o PLOA , segundo sinalizou barros, começará a ser analisado diretamente no plenário pelos 513 deputados e 81 senadores, sem passsar pelas comissões temáticas onde são realizados debates e aprimoramentos ao texto.

O comando da comissão é disputado entre o deputado Elmar Nascimento (DEM-BA), apoiado pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e a deputada Flávia Arruda (PL-DF), apadrinhada por Arthur Lira (PP-AL). O embate é uma prévia do que vai acontecer em fevereiro de 2021, quando Lira vai enfrentar um candidato do grupo de Maia, se não o próprio, na eleição para a presidência da Câmara dos Deputados.  /Por: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();