Notícias

STJ autoriza acesso das defesas de Geciane Maturino e Márcio Duarte a trechos de delação da Faroeste


 O ministro Og Fernandes, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), reformou decisão monocrática e permitiu o acesso das defesas de Geciane Maturino e Márcio Duarte a trechos da delação firmada no âmbito da Operação Faroeste, que apura esquema de venda de sentenças no Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O Ministério Público Federal (MPF) já havia se manifestado pela negativa do pedido feito em agravo regimental.

Além disso, o magistrado, em razão da autorização de acesso a novos documentos, concedeu cinco dias para, querendo, os advogados complementarem as defesas já apresentadas à corte, “com a finalidade de evitar eventual alegação de nulidade por cerceamento de defesa”.

Após decisão anterior, que negou os pedidos, a ré Geciane Maturino interpôs reclamação ao Supremo Tribunal Federal (STF), julgada procedente pelo ministro Edson Fachin, que autorizou a cessão do documento solicitado “naquilo que: (i) diga respeito à sua possível responsabilidade criminal; (ii) não guarde relação com diligências ainda não finalizadas”.  / Por: Reprodução 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();