Notícias

Seis aviões são fretados para transportar matéria-prima da Coronavac


 Depois da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciar nesta quinta-feira (30) a autorização da importação de matéria-prima para a produção da CoronaVac, o Instituto Butantan, que desenvolve a vacina contra a Covid-19 em parceria com o laboratório chinês Sinovac, fretou seis aviões para transportar os insumos. A informação é da coluna da Mônica Bergamo, da Folha. 

Ainda de acordo com a coluna, a Fiocruz também aguarda a chegada de composto básico da China para começar a fabricar a vacina de Oxford. O prefeito de Salvador, ACM Neto, já demonstrou interesse em adquirir a CoronaVac. Neste mês, ele viajou a São Paulo para conversar com o governador do estado, João Doria, sobre a possibilidade de adquirir a vacina para a imunização dos soteropolitanos. 

Leia também:

Anvisa libera compra de 6 milhões de doses da vacina CoronaVac

"Não interessa de onde vem", diz Neto após manifestar interesse em aquisição de vacina chinesa contra Covid-19

Rui afirma que vacina chinesa contra o coronavírus deve chegar na Bahia no próximo mês  /Por: Valter Pontes/Secom 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();