Notícias

Home office tem muitos pontos negativos, afirma co-fundador da Netflix


 Co-fundador e CEO da gigante Netflix, Reed Hastings não está satisfeito com o sistema de trabalho em home office. Em entrevista ao The Wall Street Journal, o executivo afirmou que vê muitos pontos negativos no trabalho remoto, especialmente por motivos como a redução do contato físico entre as pessoas e as longas horas de exposição às telas. De acordo com Hastings, esse novo comportamento estaria matando a cultura corporativa da empresa.

"Definitivamente não incomoda a possibilidade dos funcionários estarem a uma série da plataforma durante o expediente, mas sim a redução do contato e a exposição às telas. Além disso, não poder fazer reuniões pessoalmente, principalmente com os executivos internacionais, é muito ruim", afirmou Hastings. 

Ao ser perguntado sobre o retorno dos 8,6 mil funcionários da Netflix ao escritório, o executivo brincou afirmando que seria apenas 12 horas após a liberação da vacina contra a Covid-19, mas disse em sequência que a volta aos trabalho presencial deverá acontecer seis meses depois da aprovação da vacina, quando a maioria dos contratados já estiverem imunizados.   / Por: Divulgação/Netflix  Por: Tiago José Paiva 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();