Notícias

Fim da linha? Bolsonaro estaria irritado com Pazuello: "Quer aparecer, como o Mandetta"


 Considerado um dos ministros com melhor relação no Palácio do Planalto, o general Eduardo Pazuello pode estar com os dias contados no Ministério da Saúde. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do O Globo, o presidente estaria desagradado com o titular da Saúde e teria o comparado ao antigo ministro Luiz Henrique Mandetta.

"Está querendo aparecer demais, está gostando dos holofotes, como Mandetta", comentou o presidente com auxiliares.

A irritação foi motivada pelo anúncio do acordo selado por Pazuello com João Dória (PSDB), governador de São Paulo, para a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac, vacina contra Covid-19 produzida pelo laboratório chinês SinoVac e Instituto Butantan.

"Na atual situação econômica, Brasil não pode gastar quase US$ 2 bilhões na compra de uma vacina que não está comprovada cientificamente, nem certificada  pela Anvisa. Não há ainda nenhum país interessado nesta vacina", disse Bolsonaro a um dos seus ministros.

Nesta quarta-feira (21), Bolsonaro respondeu a uma seguidora na rede social que o Brasil não iria comprar a "vacina chinesa". 

A resposta repercutiu e gerou reação de diversas figuras da política, entre elas o governador da Bahia, Rui Costa, e o prefeito ACM Neto.  / Por: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();