Notícias

Azi lamenta cassação do mandato de Targino e diz que deputado foi vítima de "interpretação subjetiva do TSE"


 O deputado federal presidente estadual do democratas, Paulo Azi (Dem), lamentou a decisão do plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que cassou o mandato do deputado estadual Targino Machado (Democratas). Para Azi, Targino foi vítima de uma interpretação subjetiva do TSE que chancelou a cassação do mandato por conta da função exercida pelo parlamentar.

"O Legislativo da Bahia perde um deputado corajoso e destemido, que sempre cumpriu seus mandatos com muita correção. E talvez esse seu estilo aguerrido o tenha feito pagar esse preço, sendo vítima de uma interpretação subjetiva do TSE. O fato de ser deputado não impede que ele seja médico. Ele está pagando esse preço por ser médico", afirmou o presidente do Dem Bahia.

Além de ter o mandato cassado pelo que o TSE entendeu como compra de votos em troca de atendimento médico, o plenário do Corte Eleitoral decidiu anular os mais de 67 mil votos conquistado pelo deputado do democratas que possui base eleitoral no município de Feira de Santana.  

Atuação

Paulo Azi lembrou que Machado estava em seu sexto mandato na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) e, recentemente, tinha ocupado a função de líder da bancada da Minoria na Casa, bloco de oposição ao governador Rui Costa (PT), e que vinha pautando “debates relevantes e trazendo à pauta pública problemas na atual gestão do governo do estado” nas mais diversas áreas.

"Targino é um deputado muito dedicado e estudioso, um exímio conhecedor do  regimento da ALBA e dos problemas da Bahia. Tem o respeito até mesmo daqueles que militam em campo oposto", complementou Azi.    /BNews  Por: Raul Aguilar

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();