Notícias

Aras se manifesta após Relatório da Transparência apontar retrocesso no combate à corrupção: "Não reflete a realidade"


 O procurador-geral da República, Augusto Aras, se manifestou após a divulgação do Relatório da Transparência Internacional, que indicou que o Brasil vive um retroceso no combate à corrupção nos últimos tempos.

Em nota, Aras alegou que o relatório se baseia em casos isolados e tem a finalidade de fazer valer uma "narrativa que não reflete a realidade". Entre as questões apontadas pelo documento, estão a dissolução de forças-tarefas, como a Lava-Jato, e também a falta de independência da PGR.

O Relatório advertiu que o presidente Jair Bolsonaro teve uma atitude inusitada ao nomear Augusto Aras para PGR, ignorando a listra tríplice feita pela Associação Nacional do procuradores da República, de onde normalmente sai o indicado ao cargo.  /Por: José Cruz/Agência Brasil 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();