Notícias

Apenas seis líderes assinaram urgência da volta da comissão da PEC da prisão na 2ª instância


O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, prometeu colocar o tema prisão em segunda instância em pauta ainda em 2020, mas, por enquanto, está ignorando os pedidos para reinstalar a comissão especial da PEC que analisa o assunto.

A “cúpula” da comissão está tentando retomar os trabalhos, mas também não consegue o apoio dos líderes partidários. Até agora, somente seis líderes apoiaram requerimento de urgência para apreciação do projeto que tenta retomar a comissão especial.

São eles: Arnaldo Jardim (Cidadania), autor do requerimento, Léo Moraes (Podemos), Jhonatan de Jesus (Republicanos), Carlos Sampaio (PSDB), Enrico Misasi (PV) e Paulo Ganime (Novo). 


 Por: Sérgio Lima/Poder 360 


 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();