Notícias

Documento mostra que Gugu comprovou ser companheiro de Rose Miriam, diz TV


 Um novo documento apresentado publicamente diz que o apresentador Gugu Liberato, falecido em novembro de 2019, comprovou ser companheiro de Rose Miriam, mãe de seus filhos. A defesa de Rose já apresentou o documento à Justiça brasileira para analisar o processo de união estável. A informação foi veiculada neste domingo (27) no ‘Fantástico’, da TV Globo.

No processo foi incluída uma declaração de Gugu, que foi traduzido de forma juramentada em cartório. No documento, ele diz: “tenho uma companheira de muitos anos, Rose Mirian Souza Di Matteo, que é mãe de nossos três filhos: João, Marina e Sofia […] presenteei US$ 555 mil da minha conta para uso pessoal da minha companheira”.

Segundo a matéria, Rose e os filhos se mudaram para Orlando, nos Estados Unidos, em 2015. Em 2016 ela entrou com o pedido do Green Card, um visto de residência permanente. Uma das possíveis condições para obter o cartão era investindo no país uma quantia de US$ 500 mil. Foi o que Gugu fez, doando o valor para Rose de forma documentada.

No final do documento, ele ainda diz: “declaro que o que acima exposto é verdadeiro e correto, tanto quanto é do meu conhecimento, sob pena de perjúrio”. Nele consta a assinatura de Augusto Liberato (Gugu) e uma declaração de fortuna de mais de R$ 200 milhões.

A defesa de Rose Miriam já apresentou o documento à Justiça brasileira para analisar o processo de união estável. Este é mais um capítulo da disputa pela fortuna de Gugu. De acordo com a notícia, após a morte do ex-apresentador, a família entendeu que o testamento divide a fortuna em 75% para os três filhos e o restante para os cinco sobrinhos.

Porém, Rose não é citada e vem lutando na Justiça para comprovar a união estável. Caso isso aconteça, ela teria direito a metade do patrimônio construído por Gugu enquanto estiveram juntos.

por: Reprodução / Instagram  Por: Redação AjuNews 


Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();