Notícias

Rui Costa diz que não foi convidado por Bolsonaro a participar de evento no interior da Bahia

Paula Fróes/GOV-BA
O governador do estado, Rui Costa (PT), afirmou que não foi convidado pela Presidência da República para participar da inauguração promovida por Jair Bolsonaro (sem partido) no município de Campo Alegre de Lourdes, interior da Bahia, na manhã desta quinta-feira (30).
"Todas as vezes que eu fui convidado a participar de uma reunião, eu fui, e irei. Nós pedimos algumas reuniões com os governadores do Nordeste [Rui é presidente do Consórcio do Nordeste], e não fomos atendidos. O presidente tá vindo hoje à Bahia, e nem sequer comunicou ao governo do estado que tava vindo. Nenhuma correspondência chegou ao governo do estado", reclamou, em entrevista à Rádio Gaúcha.
O petista ainda classificou a atitude do opositor como "retrocesso". "Quem imaginaria que o presidente da República começaria a ir nos estados e municípios e não avisar aos prefeitos e governadores? Isso é um retrocesso absoluto. O País é uma república", completou Rui.
Bolsonaro esteve em Campo Alegre de Lourdes para fazer a inauguração da segunda etapa do Sistema Integrado de Abastecimento de Água do município. Ele chegou ao local da cerimônia por volta das 10h50 desta quinta e retirou a máscara para discursar. Na cerimônia, ele disse que precisa de apoio dos parlamentares para resolver os problemas do país.
Uma comitiva de parlamentares baianos esteve no evento. Marcaram presença João Roma (Republicanos), Adolfo Viana (PSDB), Elmar Nascimento (DEM) e João Carlos Bacelar Filho (PL), entre outros. Ele também recebeu os cumprimentos do Prefeito de Campo Alegre de Lourdes, Enilson Marcelo Rodrigues da Silva (PCdoB).
Inauguração judicializada
O deputado federal baiano Jorge Solla (PT) revelou ao BNews na quarta-feira (29) que ingressou na Justiça Federal com uma ação popular, com pedido de liminar, que pede a suspensão da agenda que o presidente Jair Bolsonaro pretende cumpriu na Bahia nesta quinta.
A obra foi iniciada em 2013 no governo da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e entregue em 2018, em cerimônia com a participação do governador Rui Costa (PT), e está em funcionamento desde então. O Governo do Estao, inclusive, divulgou fotos da construção na época.
Na ação judicial, o petista anexou como provas o Relatório de Gestão do Exercício 2018 da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba), em que esta obra é relatada como concluída. Apresentou também manchetes de jornais, fotos e releases do governo do Estado e da prefeitura, que noticiam o ato de inauguração, no dia 28 de junho daquele ano.(BNews)

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();