Notícias

Marcelo Nilo dá "nota zero" a Bolsonaro e prevê 2° turno nas eleições em Salvador


O deputado federal Marcelo Nilo (PSB) criticou Jair Bolsonaro (sem partido) na manhã desta segunda-feira (6), durante entrevista à rádio Metrópole. De acordo com o político, é inaceitável o país enfrentar a maior pandemia na história recente do mundo sem um ministro à frente da pasta da Saúde. 
Nilo também destacou que as atitudes do presidente justificam um processo de impeachment que, segundo ele, deve ter início após a pandemia. 
"Nós temos um presidente que só tem uma única preocupação: salvar seu filhos. Todos três estão mais enrolados do que charuto na boca bêbado (..) O país não tem ministro da Saúde e da Educação. Não existe planejamento estratégico, você não sabe como vai ser o déficit fiscal (..) Ele se elegou por quatro fatores, vamos ser claros: a extrema-direitas que quer a ditadura, as fake news, a facada e o ódio do PT. Foi um desastre. Ele não tem preparo político. Ele cria frases como: 'isso é uma gripizinha', para desviar a atenção da sua incompetência. Depois da pandemia nós vamos para ruas. Dilma foi cassada por menos de 5% do que Bolsonaro faz", disse.
Eleições
Na avaliação do deputado federal, em Salvador, as eleições devem ir para o segundo turno, num processo estreito com candidatos "bem avaliados" pela população. Na Câmara Federal ele defendeu a realização das eleições municipais em dezembro
"Vai ser uma eleição muito competitiva. O prefeito ACM Neto está bem avaliado e lançou Bruno Reis, que fez um bom mandato como deputado. O governador Rui Costa está muito bem avaliado em Salvador, pelo seu trabalho, o maior gestor. Lançou a major Denice, que por conta dessa pandemia está tendo dificuldade de ser conhecida. Tem a deputada Líndice da Mata que tem um curriculo invejável. Vou apoiá-la. Pastor Isidório, um dos maiores marqueteiros que eu já vi na vida, muito conhecido na Câmara pelo seu jeito de ser. Essa história de doido é tudo marketing. Olívia Santana também vem trabalhando muito", comentou. 
Leia também:
     Por: Redação BNews 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();