Notícias

Militar nomeado para o Ministério da Saúde participou de festa durante isolamento social


Giovani Camarão, um dos nove militares nomeados por Jair Bolsonaro na última terça-feira (19) para o Ministério da Saúde, publicou uma foto nas redes sociais em que aparece em festa com pelo menos 17 pessoas no mês de abril. Camarão é o futuro coordenador de Finanças do Fundo Nacional de Saúde.
Mesmo indo de encontro com as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS), a atitude dele pode agradar ao presidente, que desdenha da importância do isolemento social. 
Segundo a coluna Painel da Folha de S.Paulo, um dos seguidores de Camarão chega a fazer o alerta na postagem: "olha a aglomeração".
As nomeações têm sido criticadas internamente por implicarem a chegada de pessoas inexperientes na Saúde durante crise que matou mais de 18 mil pessoas no Brasil. Nas redes, os debutantes mostram posicionamentos que contrastam com diretrizes técnicas baseadas em estudos científicos.
Ainda de acordo com a Painel, nomeações feitas pelo governo mostram que Bolsonaro rasgou o decreto que editou em 2019 sobre critérios para ocupação de cargos. Entre os pontos estão: possuir experiência profissional de no mínimo dois anos, ser especialista, mestre ou doutor e cursos de capacitação. /Por: Reprodução/Instagram 
 

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();