Corpo de uma jovem é encontrada com faca cravada no pescoço


O corpo de Tamires Umbelino da Silva, 23 anos, foi encontrado já em estado de putrefação e com uma faca cravada no pescoço, por volta das 18h, por seu compadre, na casa onde a vítima residia, na Rua das Amendoeiras, bairro João Durval, em São Gonçalo dos Campos.

De acordo com seu compadre, de prenome Ivan, após pessoas sentirem um mal cheiro vindo da casa, foi detectado que havia algum problema, e, como a casa estava com a única porta e janela trancadas, ele teve que arrombar para verificar. Ao entrar, encontrou o corpo da jovem em cima de uma cama, envolto em um lençol mais o mosquiteiro. De imediato a polícia militar foi acionada.

Tamires foi vista pela última vez na noite de segunda-feira, 10. "Ela não vivia direto na casa. Tinha um namorado em Feira de Santana, no Tomba, e costumava ficar dias sem aparecer. Quando estava por aqui passava o tempo todo em casa", disse o compadre.

Segundo moradores do bairro, a vítima tinha vendido a casa para uma pessoa e também saído recentemente de um trabalho. Pretendia voltar para Salvador, onde se encontra sua família. Com base nisso, a polícia suspeita que o crime possa estar relacionado a um latrocínio (roubo seguido de morte). O caso já está sendo investigado pela Delegacia Territorial (DT) local.

O levantamento cadavérico foi realizado pela equipe do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, acompanhado polícia civil de São Gonçalo e presidido pelo delegado Rodolfo Faro, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: São Gonçalo Agora

Nenhum comentário