SEU PORTAL INFORMATIVO.

  • Notícias

    2.7.18

    Neymar brilha contra o México e Brasil se classifica às quartas de final da Copa

    Samara - Ochoa bem que tentou parar o ataque brasileiro, com grandes defesas, mas brilhou a estrela de Neymar para classificar o Brasil às quartas de final da Copa do Mundo com o 2 a 0 sobre o México, na Arena Samara. Em grande atuação mesmo recebendo inúmeras faltas, o craque brasileiro marcou um belo gol com a participação de Willian, outro que foi muito bem, e fez a jogada do segundo, de Firmino. Agora, a Seleção aguarda o vencedor de Bélgica e Japão. 
    O técnico Juan Carlos Osório prometeu que iria para cima e cumpriu. O México surpreendeu no início e se lançou ao ataque, enquanto o Brasil sofria para sair da defesa. As laterais foram o principal problema, em especial Fagner, que sofreu demais contra Vela e foi facilmente envolvido. Foi daí que saíram as principais jogadas mexicanas: Alisson errou um soco e Miranda salvou em chute de Lozano e Casemiro travou chute de Herrera. Filipe Luís também teve muitos problemas pelo seu setor.
    Já o Brasil dependeu basicamente de Neymar no início. O craque fez duas boas jogadas individuais e, em ambas, parou em Ochoa. Somente após a segunda finalização do camisa 10, aos 24, o México se assustou e se segurou, em busca de um contra-ataque puxado pelos dois pontas. Foi então que a Seleção conseguiu jogar melhor, ainda que em ritmo lento. Quando o time de Tite acelerava no ataque, chegava com perigo. Na melhor troca de passes brasileira, Gabriel Jesus limpou a marcação e chutou, mas o goleiro mexicano salvou de novo.
    A Seleção voltou do intervalo com outra postura em campo, mais agressiva desde o início e melhor postada em campo. Logo aos 2, Ochoa salvou em bomba de Coutinho, mas o Brasil enfim abriu o placar aos 6. Em jogada rara nesta Copa, os pontas trocaram de posição, com Neymar tocando de calcanhar para Willian, que entrou na área pela esquerda e cruzou. O próprio camisa 10 se jogou para colocar no fundo da rede.
    A vantagem no placar deixou o Brasil mais solto e até mesmo Fagner fez uma boa jogada para Paulinho chutar e Ochoa defender. Mas o destaque foi Willian, que aproveitou os espaços deixados pelo México para dar suas arrancadas. Ele ainda deu um grande chute que o goleiro mexicano salvar em outra grande defesa.
    O México seguiu em busca do empate, e até criou alguns lances de perigo. Só que em todas a defesa brasileira conseguiu impedir as finalizações. O jogo só esquentou quando Layún pisou intencionalmente o tornozelo de Neymar, aos 26. O árbitro de vídeo não considerou lance para cartão vermelho. 
    A Seleção então começou a administrar a vantagem no placar, sem sofrer muitos sustos do ataque mexicano, que perdeu muita força com as mudanças. Então o México passou a bater e o craque brasileiro foi o principal alvo de entradas duras. O Brasil respondeu com mais um gol. Em contra-ataque, Neymar arrancou pela esquerda e chutou, Ochoa desviou em outra grande defesa e Firmino, que só entrou no fim, precisou tocar na bola pela primeira vez para fazer o gol do alívio, aos 43.
    O jogo só não foi perfeito para o Brasil porque Casemiro levou o segundo cartão amarelo, numa falta para evitar contra-ataque, e está suspenso nas quartas de final.
     FICHA TÉCNICA
    Local: Arena de Samara
    BRASIL: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luis; Casemiro, Paulinho (Fernandinho), Willian (Marquinhos), Philippe Coutinho (Firmino) e Neymar; Gabriel Jesus. Técnico: Tite
    MÉXICO: Ochoa; Álvarez (Jonathan Dos Santos), Ayala, Salcedo e Jesus Gallardo; Rafa Márquez (Layún), Hector Herrera e Guardado; Carlos Vela, Lozano e Chicharito Hernandez (Jimenzes). Técnico: Juan Carlos Osório
    Árbitro: Gianluca Rocchi (Itália)
    Cartões amarelos: Filipe Luís, Casemiro (Brasil); Álvarez, Herrera, Salcedo, Guardado (México)
    Público: 41.970 pessoas
    Gols: Neymar, aos 6, e Firmino, aos 43 minutos do segundo tempo

    Fonte: O Dia

    Vagas de Emprego

    S.A. de Jesus

    Educação