Rio: Confronto entre PMs e criminosos deixa pelo menos oito mortos na Rocinha


Uma operação policial na Favela da Rocinha, Zona Sul do Rio, no início da manhã deste sábado (24) terminou em confronto e deixou pelo menos oito mortos. Segundo a PM, os policiais do BPChoque faziam patrulhamento para encontrar suspeitos da morte do soldado Felipe Mesquita e do morador da favela, Antônio da Silva, o Marechal, mortos em confronto na quarta-feira (21), quando foram recebidos por tiros e reagiram. Moradores relataram intenso tiroteio, que teve início por volta das 5h30. A polícia afirma que as vítimas tinham envolvimento com o tráfico de drogas, mas moradores e parentes relatam que não houve reação e as vítimas não tinham ligação com o tráfico de drogas. Na primeira nota divulgada, a PM informava que "após cessar a situação, seis criminosos feridos foram encontrados e socorridos ao Hospital Municipal Miguel Couto e com eles foram apreendidos um fuzil, seis pistolas e duas granadas". A secretaria municipal de Saúde informou que sete pessoas vítimas de disparos de arma de fogo deram entrada no Miguel Couto, também na Zona Sul nesta manhã. As sete não resistiram e morreram. (G1)