Morre a atriz Eva Todor, aos 98 anos, no Rio de Janeiro


A atriz Eva Todor morreu em casa na manhã deste domingo (10), por causa de uma pneumonia. Ela tinha 98 anos. A informação foi confirmada por amigos da artista. Ainda não há informações sobre o velório.
Eva Todor, um dos nomes mais conhecidos da dramaturgia nacional, sofria de Mal de Parkinson e estava longe da TV desde a novela “Salve Jorge” (2012). Sua última aparição pública foi em novembro de 2014, quando recebeu uma homenagem feita por amigos artistas no Teatro Leblon.
A atriz somava mais de 80 anos de carreira. O início nos palcos foi por meio do balé, ainda na infância. Húngara de nascimento, Eva Todor (que tinha o sobrenome Fodor de batismo) chegou a dançar na Ópera Real de Budapeste.
Filha de uma estilista e de um comerciante de tecidos, ela já mostrava talento para a vida artística, mas a realidade complicada do período entre guerras na Europa a fez fugir com a família para o Brasil, em 1929.
Foi nas novelas e séries televisivas que Eva se tornou muito famosa. Fez “Partido alto” (1984), “De corpo e alma” (1992), “O cravo e a rosa” (2000) e várias outras. No cinema, ela estreou ao lado de Oscarito, em 1960, com “Os Dois Ladrões”, de Carlos Manga. Foram cinco filmes no currículo, o último, em 2008, foi “Meu nome não é Johnny”.
Eva Todor era viúva e não deixa filhos.

(Bahia.Ba)