Sprint com pacientes de São Felipe é tomada de assalto na BR 324

Foto: Reprodução / WhatsApp
Por volta das 17h30 de quarta feira (27), a Sprint de placa NZL 2989, locada pela Prefeitura Municipal de São Felipe para transportar pacientes para realização de exames em Salvador, foi tomada de assalto na BR 324 por três elementos a bordo de uma Fiat Touro, cor verde. No veículo tomado de assalto havia dez pessoas, entre elas duas crianças. Em entrevista ao site Tribuna do Recôncavo, o condutor da Sprint, Diogenes de Oliveira Prazeres (Nuno), contou que o Fiat Touro colidiu no fundo da Sprint, e quando ele parou para ver o que estava acontecendo, dois elementos portando uma pistola anunciaram o assalto. “Eles me colocaram no fundo da Sprint, um assumiu a direção e o outro sentou no banco dos passageiros. Na hora eu pedi que os pacientes ficassem calmos e fizessem o que eles mandassem. Eles pediram os pertencem e os celulares de todo mundo”. Diogenes ainda contou que os assaltantes começaram a perguntar seu nome, se o carro tinha seguro e se tinha bloqueio. Eles repetiram várias vezes essas perguntas, ameaçando atirar contra a vítima caso ele estivesse mentindo. Os elementos conduziriam a Sprint até a cidade de Candeias, ao chegar lá colocaram os passageiros sentados no mato, duas horas depois devolveram os pertencesses de todos, menos os celulares, e colocaram as vítimas no Fiat Touro, levando os mesmos até a BR 324, próximo a clínica Dr. Jesus, do Pastor Isidório, onde foi dada toda assistência aos passageiros, até a Prefeitura municipal de São Felipe enviar novos transportes para conduzi-los até suas residências.
Por volta das 12h10 desta sexta-feira, Diogenes entrou em contato com a redação do site Tribuna do Recôncavo informado que a Sprint tinha sido encontrada pela Polícia Civil, e estava no pátio da Delegacia de Camaçari. Nuno como é conhecido, deixou seus agradecimentos a Polícia Civil pelo empenho em encontrar o veículo, ao Pastor Isidório da clínica DR Jesus pela assistência, a Fabiane pela agilidade em disponibilizar novos transportes, a George e Aderval que os conduziram de volta para casa, e aos proprietários da Sprint Tiago e Sandro, pela atenção. (Fonte: Voz da Bahia)