Sobrevivente de naufrágio relata ‘momentos terríveis’


Bruno Costa, de 29 anos, é um dos 25 sobreviventes resgatados na tarde desta quarta-feira (23), no Rio Xingu, no Pará. O DJ era um dos passageiros do barco Capitão Ribeiro, que afundou na noite desta terça-feira (22), entre as cidades de Porto de Moz e Senador José Porfírio. A embarcação estava parcialmente coberta por uma lona, que teria, segundo Costa, atrapalhado quem tentava se salvar .
Em entrevista à Rede Liberal, Costa lembra ter vivido “momentos terríveis”. “A lona que é amarrada quando chove impediu muita gente de sair. Eu consegui resgatar uma criança de uns 2 anos, mas eu estava sem colete, a criança também”, detalhou o DJ. Segundo ele, “o barco começou a estalar e foi todo mundo para o fundo”.
Costa conta ainda, com tristeza, o fato de não ter conseguido salvar uma criança de 2 anos, por um homem que se agarrou a ele para tentar ficar na superfície. “Ele subiu em cima de mim, tirou a criança e rasgou minha camisa. Eu consegui sair desse cara e ele foi para o fundo”.
Resgate
Uma equipe do Comando do 4º Distrito Naval, da Marinha do Brasil, está sendo deslocada para o local do acidente, onde 40 pessoas ainda estão desaparecidas. Dos sete corpos que já foram encontrados, estão os de uma criança e um adolescente. A Marinha não confirma o número de vítimas fatais.
Fonte: Notícias ao Minuto