Mulher morre após receber transfusão de sangue errado


Uma mulher de 46 morreu após receber uma transfusão de sangue errado, na Santa Casa de Pindamonhangaba, em São Paulo. Um inquérito foi instaurado para apurar a responsabilidade pelo equívoco, que aconteceu na última quinta-feira (15), mas só foi divulgado neste sábado (17).
De acordo com a polícia, a paciente Rosiane Aparecida da Silva tratava um acidente vascular cerebral (AVC) quando, por um erro, recebeu uma transfusão com o tipo sanguíneo errado. A paciente, segundo o G1, sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu aproximadamente 10 minutos depois.
O atestado de óbito demorou mais de 12 horas para ser liberado, o que ocorreu apenas após registro de um boletim de ocorrência. (Bahia.ba)