Notícias

6/recent/ticker-posts

Apresentador é condenado a pagar R$ 300 mil de indenização a Xuxa Meneghel; entenda


 A batalha judicial entre Xuxa Meneghel e Sikêra Jr. ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (24). A juíza Ana Cristina Ribeiro Bonchristiano, da 3º Vara Cível de Osasco (SP), condenou o apresentador ao pagamento de R$ 300 mil de indenização para Rainha dos Baixinhos por danos morais. A decisão cabe recurso.

XUXA

Segundo informações divulgadas pelo site Notícias da TV, o valor deverá ser pago com correção monetária, e o jornalista juntamente com a RedeTV, terá que arcar com as custas do processo, avaliado em 20% do valor da condenação --ou seja, mais R$ 60 mil. Vale lembrar que Xuxa tinha pedido indenização de R$ 500 mil e a cassação do registro de jornalista de Sikêra.


De acordo com a publicação, a magistrada justificou a redução em relação ao valor pedido. "Quanto ao valor da indenização por dano moral, em consonância com a melhor doutrina e a jurisprudência dominante, é de ser determinado levando-se em conta o padrão econômico da vítima [Xuxa], para minorar seu sofrimento, proporcionando-lhe algum conforto material, e o do devedor [Sikêra e RedeTV!], para não levá-lo à ruína. A condenação, na espécie, tem caráter educativo de desestimular a reincidência".

Ofensas
Em 2020, após receber críticas da apresentador pelo conteúdo do programa Alerta Nacional, o jornalista ofendeu a Rainha dos Baixinhos, chamando-a de pedófila, citando o fato da loira ter atuado no filme Amor Estranho Amor (1982). Além disso, ele declarou que Xuxa faz apologia às drogas e incentivava crianças "safadeza, putaria e suruba" por lançar recentemente o livro Maya, o Bebê Arco-Íris, que conta a história de uma garotinha que tem duas mães.


Divulgação    Redação   /BNews 

Postar um comentário

0 Comentários