Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Polícia nega que Nego do Borel estava com mulheres quando foi encontrado em hotel


 Algumas horas depois do início das buscas por Nego do Borel, dado como desaparecido após sua mãe registrar boletim de ocorrência, policiais civis do Rio de Janeiro encontraram o cantor. Ele foi localizado no início da tarde desta terça-feira (5), em um quarto do Hotel Corinto, em Vila Isabel, na zona norte do estado.

Leia também
Cantora baiana aparece seminua em momento íntimo com o namorado e agita a web; veja a foto
Em vídeo, Gracyanne Barbosa mostra 'todas as partes do corpo' e ganha elogios: "obra de arte"
Em 'A Fazenda', Sthe Matos relembra vazamento de vídeo íntimo e culpa ex-namorado; assista

No entanto, diferente do noticiado, o funkeiro não estava na companhia de duas mulheres, informação divulgada pelo portal G1. Em nota, a Polícia Civil negou e esclareceu ter encontrado o cantor sozinho.  "A Polícia Civil esclarece que a primeira informação dada pelo estabelecimento era de que Nego do Borel teria entrado com duas mulheres no motel. No entanto, ao entrarem no quarto com a autorização do cantor, os agentes constataram que ele estava sozinho", disse a corporação em comunicado.

Segundo a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), o funkeiro estava havia 12 horas no local. O cantor foi levado para Cidade da Polícia e ao chegar no local, foi flagrado fazendo gestos obscenos para a imprensa. O momento foi registrado em vídeo, que você confere clicando aqui.

Ainda de acordo com a polícia, em depoimento, Borel confirmou que estava sozinho pois queria "pensar na vida" e por isso tomou quatro comprimidos de Dramin para dormir e desligou o telefone. O cantor vem enfrentando forte rejeição após ser expulso de 'A Fazenda', depois de ser acusado de estupro de vulnerável, por ter supostamente se aproveitado de Dayane Mello, que estava alcoolizada. Dias depois, o cantor gravou um vídeo afirmando que não era estuprador e acabaria 'tirando a vida' por causa das acusações e julgamentos.

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre


 Por: Reprodução / Twitter  Por: Redação BNews

Nenhum comentário