Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Paulo Guedes e Onyx Lorenzoni se estranham devido ao novo auxílio


 Os ministros da Economia, Paulo Guedes, e do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni, voltaram a torcer o nariz um para o outro nas últimas semanas. A relação dos dois é marcada por atritos desde o início do governo Bolsonaro, em 2019. 

Dessa vez, de acordo com a coluna do Igor Gadelha, da Metrópoles, um dos principais motivos para os desentendimentos tem sido o caminho para bancar o Auxílio Brasil.

Enquanto Guedes se preocupa em viabilizar o programa dentro do teto de gastos e com compensação financeira, Onyx, por sua vez, tem se aliado a ala política que defende que é preciso aumentar o valor do benefício, mesmo que para isso seja preciso furar no teto.

O Auxílio Brasil é o novo programa social que pretende substituir o Bolsa Família. O benefício tem três modalidades: para primeira infância, famílias com jovens de até 21 anos de idade e para a complementação de famílias que não conseguirem sair da extrema pobreza. 

A intenção do governo é iniciar os pagamentos desse novo programa em novembro deste ano. Os novos valores ainda não foram anunciados, mas a expectativa é de um aumento de, no mínimo, 50% sobre o valor médio do Bolsa Família, que atualmente é de R$ 189.

Matérias relacionadas:

Câmara aprova convocação de Guedes para explicar conta milionária em paraíso fiscal

Comitê da ONU desaprova uso de crianças fardadas em eventos políticos de Bolsonaro 

"João Roma é o melhor para a Bahia", diz Major Vitor Hugo



 Por: Valter Campanato / Agência Brasil 

Nenhum comentário