Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Câmara aprova convocação de Guedes para explicar conta milionária em paraíso fiscal


 A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (5) a convocação do ministro da Economia, Paulo Guedes, para explicar à Comissão de

Assuntos Econômicos (CAE), a conta milionária aberta nas Ilhas Virgens Britânicas, no Caribe, considerada paraíso fiscal. Ao BNews, o presidente da Comissão, o senador baiano Otto Alencar (PSD), havia admitido a intenção de ouvir o titular da pasta do governo Bolsonaro.

A revelação foi feita pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, por meio de documentos contidos no "Pandora Papers", que investiga offshores e paraísos fiscais.

Leia mais

-Aras vai oficiar Paulo Guedes para pedir informações sobre offshore

-Oposição no Congresso quer convocar Guedes para explicar offshore

O requerimento foi apresentado pelo líder da Minoria no Senado, Jean Paul Prates (PT-RN), e o senador Paulo Rocha (PT-PA), e cita a suspeita de que Guedes manteve no controle direto da offshore, mesmo com o cargo público como ministro no governo Bolsonaro, o que configuraria "conflito de interesses".

Segundo a revista Piauí, Paulo Guedes aportou US$ 9,55 milhões em setembro de 2014, logo após o Banco Central intervir na alta do dólar diante da possibilidade de reeleição de Dilma Roussef (PT). A quantia equivalia a R$ 23 milhões à época, e hoje já vale cerca de R$ 51 milhões.

Foi aprovada a convocação também do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, que manteve offshores mesmo após assumir o cargo em 2019. Tanto ele quanto Guedes afirmam terem declarado à Receita Federal. Há sinais concretos de que o banqueiro respeitou as normas vigentes.

Classificação Indicativa: Livre


 Por: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

Nenhum comentário