Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Após corte de verba na pasta, ministro da Ciência viaja para Dubai


 O ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes, parece pouco preocupado com o corte de mais de 90% do orçamento da pasta, feito pelo Governo Federal. No lugar de tentar revertar o quadro, o ex-astronauta decidiu viajar para Dubai.

Segundo informações da coluna Radar, da revista Veja, o ministro vai ficar fora do país entre os dia 15 e 27 de novembro.

Pontes deve participar de eventos no Espaço da Expo Dubai, no 72º Congresso Internacional de Astronáutica e reuniões bilaterais.

No último fim de semana, o ministro comentou o projeto aprovado pelo Congresso Nacional que retirou R$ 690 milhões da pasta, recurso que será repassado a outros setores.

Com a redução, o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) perdeu 90% do seu orçamento, incluindo recursos que serviriam para o pagamento de bolsas de pesquisa, o que pode impactar projetos em andamento. 

Em nota conjunta, entidades científicas como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Academia Brasileira de Ciências (ABC), Academia Nacional de Medicina (ANM) e Associação Nacional de Estudantes de Pós-Graduação (ANPG) criticaram a mudança de destinação de recursos. 

"Quando mais precisamos da ciência, a equipe econômica age contra a lei, com manobras que sugerem a intenção deliberada de prejudicar o desenvolvimento científico do Brasil. Além de não liberar os R$ 690 milhões à revelia dos compromissos firmados com setor, cerca de R$ 2 bilhões do FNDCT [Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico] seguem pendentes de destinação, em claro descumprimento da Lei Complementar n° 177/2021. É incompreensível que o Congresso Nacional permita que suas decisões, manifestadas democraticamente na aprovação de leis para o país, sigam sendo descumpridas por meio de manobras de último momento. É preciso priorizar a ciência. Ciência é vida!", diz a nota.

Leia também

-Lídice e Florence criticam Ciro Gomes após declaração contra Dilma

-Lúcio diz que MDB mantém conversas com frequência com todos os postulantes ao governo

-Falta de adesão fora da esquerda pode virar empecilho para ato no 15 de novembro

Classificação Indicativa: Livre


 Por: José Cruz/Agência Brasil  Por: Redação BNews

Nenhum comentário