Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Tribunal de Contas de Sergipe fará audiência para debater milagres atribuídos à Irmã Dulce no estado


 O presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE-SE), Luiz Augusto Ribeiro, propôs ao colegiado nesta quinta-feira (16), a realização de uma nova audiência pública para discutir a conservação e difusão de monumentos, histórias e milagres atribuídos à Irmã Dulce em Sergipe.

Conforme o conselheiro, a iniciativa da Corte terá o intuito de contribuir com as ações relacionadas ao tema já desenvolvidas pela Arquidiocese de Aracaju, Governo de Sergipe e prefeituras de Aracaju, São Cristóvão, Itabaiana e Malhador.

Para justificar a proposta da aidiência pública, o presidente do TCE afirmou que “foi no município sergipano de São Cristóvão que Maria Rita de Sousa Brito Lopes Pontes estudou teologia no Convento Carmelita, onde foi ordenada freira franciscana e recebeu o nome de Irmã Dulce, em homenagem a sua mãe”, comentou.

“Em 2018, quando foi canonizada Santa pelo Vaticano, foram divulgados outros aspectos que ligam a Santa ao nosso Estado, como o fato do seu primeiro milagre reconhecido ter sido no município de Itabaiana. Já em Aracaju, no bairro Aruana, fica localizada a primeira paróquia a levar o nome de Irmã Dulce”, concluiu o conselheiro.

Leia também:

Obras Sociais Irmã Dulce é premiada na Câmara por cuidado a idosos

Santuário Santa Dulce dos Pobres reúne devotos nesta sexta (13) para homenagear o Anjo Bom

Classificação Indicativa: Livre


Por: Divulgação  Por: Redação BNews

Nenhum comentário