Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Na cadeia, Flordelis participa de cultos e segue sem visitas


 Aguardando a revogação da sua prisão preventiva, a pastora Flordelis dos Santos de Souza completou, nesta segunda-feira (13), um mês na penitenciária Talavera Bruce, no Complexo de Gericinó, no Rio de Janeiro.

ex-deputada federal não recebeu nenhuma outra visita, apenas a da advogada Janira Rocha. Dentro da penitenciária, Flor está encarcerada em uma cela especial, dedicada para pessoas que têm comorbidade. Por causa de um AVC, ela faz uso de remédio controlado. 

Leia mais:

Tenente morto por bandidos em Cosme de Farias pediu mais prestígio para policiais em último post em rede social

Bandidos matam tenente da Rondesp em Cosme de Farias

Advogado de Flordelis acusa pastor Anderson de estupro e traição

Além disso, a advogada, em conversa ao site Extra, informou que a pastora passa boa parte do dia na biblioteca lendo livros religiosos e de Ciência Política, graduação que estava estudando antes da prisão. Flordelis ainda frequenta cultos dentro da cadeia e faz orações com outras presas. 

“São cultos coletivos, pequenos, onde todas oram, não dá para dizer que ela está pastoreando na cadeia. Mas há um assédio das outras presas nesse sentido”, disse Janira.

Quatro familiares deram entrada com pedidos de visita: dois foram negados por terem vínculos afetivos e os outros dois ainda não tiveram as solicitações aprovadas. A pastora ainda espera o julgamento da 3ª Vara Criminal de Niterói, onde determina que ela vá a júri popular. 

Flordelis foi presa no dia 13 de agosto após perder o cargo de deputada federal dois dias antes. Ela é acusada de matar o marido, Anderson do Carmo. 

Leia também:

Número de PMs mortos na Bahia em 2021 já supera o total do ano passado

Suspeito de liderar tráfico em região da Barra é preso pela Rondesp

Após mortes de PMs, Rui pede reforma no Código Penal e culpa política de armas do Governo Bolsonaro

Mãe é flagrada com 100 gramas de maconha ao visitar filho em casa de detenção

Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre


 Por: Reprodução / Redes Sociais  Por: Redação BNews

Nenhum comentário