Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Homem suspeito de estuprar sobrinha é preso em flagrante


 Um homem, suspeito de estuprar a sobrinha de 14 anos sob ameaça, foi preso em flagrante nesta quarta-feira (22). De acordo com a Polícia Civil, a menor sofria assédio sexual desde os sete anos.

O suspeito, que tem 37 anos, assediava a sobrinha toda vez que a menor ia à casa da tia, de acordo com a coordenadora do Núcleo da Criança e do Adolescente. 

“A adolescente é sobrinha da esposa do agressor. A menina relata que toda vez que ia visitar a tia era assediada pelo esposo dela, até que desta vez foi estuprada”, informou a delegada Rosilene Correia. 

Por conta dos assédios abusivos, a adolescente passou a se mutilar e ter ideias suicidas. “A mãe dela insistiu em saber o porquê de a menina estava tão triste, e ela acabou relatando o estupro sofrido. A mãe nos procurou e solicitamos mandado de prisão preventiva, que foi deferido e cumprido”, comentou a delegada. 

O tio, que já tem passagens na polícia por violência doméstica, foi encaminhado para o sistema prisional e estará à disposição da Justiça. A menor foi levada para receber atendimento psicossocial e medidas protetivas foram requeridas para manter o suspeito afastado. 

Nesta quarta-feira (22), a mãe da menina de 11 anos que foi supostamente estuprada pelo pastor da igreja, revelou que a filha perguntou o signifcado de estupro. Na conversa, a menor afirma que o religioso assediava ela dentro do templo.  

“‘Vô, o que é estupro?’. Ele explicou, né, que é quando o homem pega a mulher à força… ‘Mas vô, eu quero saber isso porque o pastor veio por trás de mim e se esfregou em mim’”, comenta a mãe. 

Outras notícias:
Oitava vítima do padre Delson Zacarias relata abusos: “Tentou me masturbar”
Blogueira vítima de abuso sexual na infância pede que pastor amigo de Safadão seja investigado
Menina de 13 anos estuprada pelo próprio pai é abusada por pastor evangélico que a acolheu
- Acompanhe o BNews também nas redes sociais, através do Instagram, do Facebook e do Twitter

Classificação Indicativa: Livre

Nenhum comentário