Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

CPI da Covid: Mensagens indicam que blogueiros coordenavam ataques a opositores de Bolsonaro


 Mensagens obtidas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid indicam que blogueiros bolsonaristas coordenavam ataques nas redes sociais contra opositores do presidente Jair Bolsonaro. 

Segundo informações do O Globo, políticos como o ex-presidente Lula, o governador de São Paulo, João Doria, e a deputada federal e ex-aliada do presidente, Joice Hasselman, foram alguns dos alvos do grupo.

Joice foi uma das principais personagens a depor na CPI das Fake News e denunciou um esquema de uso de robôs para disseminação de notícias falsas no governo.

Em abril de 2020, o youtuber bolsonarista Bernaro Küster relata ter recebido "ordens do GDO" - uma referência ao conhecido "gabinete do ódio" - para disparar a hashtag "DoriaPiorQueLula". O "gabinete do ódio" é o grupo de apoiadores de Bolsonaro, incluindo auxiliares com cargos no Planalto, que atuam em conjunto nas redes sociais.

Em uma outra conversa com um assessor da deputada federal Caroline de Toni (PSL-SC), que tinha acesso a documentos restritos da CPI das Fake News, Küster questiona quando poderia vazar informações sobre a "Pepa", termo pejorativo para se referir a Joice, em comparação a uma personagem de um desenho animado.

"“Falei com o adv (advogado) do gabinete do Edu, e ele disse que vai tentar outro caminho (...) Se isso vier a público agora, a Joice vai solicitar ao pessoal lá quem acessou (o sistema). Vai foder o cara lá e a mim tbm, que contei”, explicou o assessor parlamentar ao youtuber.

Segundo pessoas que tiveram acesso ao conjunto de mensagens, "Edu" seria o deputado federal e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), um dos que mais atacaram Joice à época, após o rompimento dela com o governo.



Por: Jefferson Rudy/Agência Senado 

Nenhum comentário