Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Antônio Brito diz que queda de coligações não deve prejudicar PSD


 O deputado federal Antônio Brito avalia que a queda da proposta de voltar com as coligações na PEC das eleições não deve prejudicar o PSD. "De fato, os partidos que não se organizaram, terão dificuldades. Nós nos organizamos", declarou, em entrevista aoBNews em Brasília. Segundo ele, o partido está organizado nos diretórios estaduais.

"As eleições de 2022 serão importantes para o PSD, que sob a liderança nacional de Gilberto Kassab tem conduzido o partido muito bem. Eu como líder da bancada na Câmara Federal, hoje com 37 deputados, estamos buscando fortalecer os palanques. E na Bahia não seria diferente", avalia. Segundo ele, na Bahia, o PSD deve eleger de sete a oito deputados.

Leia também:
Senado enterra coligação proporcional para a próxima eleição; reforma eleitoral será promulgada no Congresso 
Câmara dos Deputados aprova texto-base da reforma eleitoral

O Senado aprovou em dois turnos a PEC 28/2021, que altera a legislação eleitoral e incentiva candidaturas de mulheres e de negros nas eleições de 2022 a 2030; e sem previsão de coligações em eleições proporcionais. O texto foi aprovado por 70 votos a 3, em primeiro turno, e por 66 votos a 3, em segundo turno, nesta quarta-feira (22).

O trecho que previa o retorno das coligações foi retirado pelos senadores após sugestão da relatora, Simone Tebet (MDB-MS). O veto aprovado em 2017 pelo Congresso, passou a valer apenas em 2020, na eleição para vereadores.

Classificação Indicativa: Livre


 Por: Victor Pinto, direto de Brasília

Nenhum comentário