Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Eu acredito que Jair Bolsonaro possivelmente tentaria um golpe, diz Alessandro Vieira


 Suplente na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) afirma acreditar que já existem fatos que podem configurar crime por parte direta do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na condução do combate à pandemia do novo coronavírus.

 
Para o parlamentar, o relatório da CPI não resultará no impeachment do presidente que, segundo o senador, pode vir a tentar um golpe. Se isso ocorrer, ressalta o parlamentar, o destino do presidente deverá ser a cadeia.

“Ele acredita que o caminho autoritário é melhor.  Bolsonaro realmente mostra um absoluto desapreço pela democracia, pelas instituições e não quer fazer um esforço pela democracia de negociar, dialogar, ouvir a sociedade. Isso aponta para uma postura golpista, então eu acredito que Jair Bolsonaro possivelmente tentaria um golpe”, analisa o senador em entrevista ao Congresso em Foco. 

Para o parlamentar, a postura do presidente é muito baseada no desejo de permanecer no poder, seja através de uma reeleição ou através do golpe. “Então tudo que ele faz é focado nisso, não tem uma base mobilizada”, destaca Vieira.

Ele cita que já existem fatos que podem configurar crime por parte direta de Bolsonaro na condução do combate à pandemia do coronavírus. Contudo, o senador acredita que o relatório da CPI não causará o impeachment do presidente. Ainda assim, ele não descarta que o chefe do Executivo lance mão de um golpe de Estado. 

“Tentar é possível sim e acredito que vai gerar um trauma nacional muito grande. Acredito que nossas instituições são robustas o suficiente para suportar esse desafio. São poucos crimes que são mais graves que uma tentativa de golpe. A consequência é a cadeia”, frisa.
 



Por: Arquivo / Agência Senado 

Nenhum comentário