Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

CPI da Pandemia ouve auditor do TCU que criou relatório falso citado por Bolsonaro


 A CPI da Pandemia ouve na manhã desta terça-feira (7) o auditor do Tribunal de Contas da União (TCU) Alexandre Figueiredo Costa Silva Marques. Ele é apontado como autor de um estudo, produzido fora dos trâmites oficiais e considerado falso pelo tribunal, sobre as mortes por Covid-19 no Brasil.

Em junho deste ano, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou à apoiadores que um relatório do TCU apontava que 50% das mortes pela doença em 2020 teriam ocorrido por outras doenças. No mesmo dia, por meio de nota, o TCU desmentiu a declaração do presidente.

O documento citado por Bolsonaro foi elaborado por Marques, e compartilhado com seu pai, o coronel da reserva do Exército Ricardo Silva Marques, colega de Bolsonaro na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman).

Marques prestou depoimento à uma comissão constituída pelo TCU para investigar sua conduta no episódio. Na ocasião, o servidor confirmou ter repassado o documento ao pai e também que foi o pai o responsável por encaminhá-lo ao presidente da República no mesmo dia.

Contudo, segundo ele, se tratava de duas páginas escritas em Word, sem data, timbre do TCU ou assinatura. Assim, Marques afirma que o material foi manipulado após ter sido recebido pelo presidente da República.

De acordo com informações do portal UOL, os senadores pretendem entender como o estudo falso chegou às mãos de Bolsonaro e de que forma a ideologia política da cúpula do governo federal está atuando sobre auditores do TCU.

Na avaliação dos parlamentares oposicionistas, saber se o documento foi modificado de forma proposital no Palácio do Planalto pode levar a indício de que o governo supostamente manipulou informações visando difundir uma narrativa a seu favor.

Em seu perfil no Facebook, o auditor já publicou vários comentários sobre a pandemia, endossando sobretudo a narrativa de Bolsonaro, como a recomendação do tratamento precoce com medicamentos sem eficácia contra a covid-19. A oitiva com Marques está marcada para às 9h30, e será transmitida ao vivo pelo You Tube.

Notícia Relacionada

Vídeo: "O TCU está certo, eu errei", admite Bolsonaro após ser desmentido sobre dados de óbitos por Covid




Por: Reprodução/Jefferson Rudy/Agência Senado 

Nenhum comentário