Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Zeca Pagodinho diz: 'Vacina boa é a que vai no braço'


 Zeca Pagodinho, 62, usou as redes sociais nesta quarta-feira (7) para mandar um recado para quem escolhe a vacina contra Covid-19. Ele disse que as pessoas devem “apreciar sem moderação” qualquer imunizante.

O cantor criticou quem fica recusando vacina por querer de uma farmacêutica específica. “Vacina boa é a que vai no seu braço! Sem essa de ser sommelier de vacina, pois todas as que estão disponíveis são super eficazes e salvam vidas”, escreveu.

Na publicação, Zeca compartilhou um desenho dele segurando uma vacina com a frase "aprecie sem moderação". Ele também alertou as pessoas para não esquecerem de tomar a segunda dose.

A publicação do cantor no Instagram foi elogiada pelo ex-ministro da Saúde Henrique Mandetta. "Boa Zeca. Vacina boa é a aprovada pela Anvisa. Só tomar". Internautas também elogiaram a postagem do músico. "Quer dizer: aprecie sem moderação uma das marcas disponíveis, não vão me tomar duas marcas diferentes que nem aquela moça lá [que tomou três doses]", escreveu um seguidor.

A preocupação do cantor faz sentido. Muitas pessoas não querem tomar a Coronavac por acreditarem que sua proteção não é suficiente e outros não querem a AstraZeneca, citando possíveis efeitos colaterais. O primeiro lugar das preferências é sempre o mesmo: o produto da farmacêutica americana Pfizer.

Em abril deste ano, Zeca Pagodinho tomou a primeira dose da vacina cantarolando “vai vacinar, vai vacinar e não esquece a segunda dose”, uma versão de seu grande sucesso "Vai Vadiar".

Antes de ser vacinado, o cantor, que usava uma máscara da Portela no rosto, brincou com a enfermeira: "Tenho pavor de injeção, se eu chorar não liga não, tá?", disse.

Os vídeos foram compartilhados nos stories e feed do Instagram do cantor, que agradeceu ao SUS (Sistema Único de Saúde). "E agora é hora de agradecer! Viva o SUS!! Viva a vacina!", publicou o cantor.

Classificação Indicativa: Livre 


Por: Reprodução/Instagram  Por: Folhapress

Nenhum comentário