Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

"Quem derruba presidente não é o Congresso, é o povo na rua", diz Temer


 O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse que um impeachment do atual mandatário Jair Bolsonaro só seria viável com o povo na rua, pois o Congresso não derruba ninguém sozinho.

“Quem derruba presidente não é o Congresso, é o povo nas ruas. Povo nas ruas sensibiliza o Congresso, que acaba acolhendo a manifestação da rua. Veja, eu tive aquelas tais denúncias, não aprovaram porque não tinha povo na rua. Não tinha um cidadão na frente do Congresso”, disse Temer, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

“Mas veja, se a coisa crescer demais… no presente momento, é mais um esquema eleitoral, não uma consciência coletiva como em 2016, que havia começado em 2013. Eu vi pesquisas mostrando uma divisão da população sobre impeachment”, completou.

Apesar de assumir a presidência após o impeachment de Dilma Roussef (PT), Temer é crítico a um novo processo contra Bolsonaro. “Eu não acho útil, com toda a franqueza. Se formos cronometrar, vai levar oito, nove meses, chegando nas eleições […] Não sei se não é melhor ser retirado pela via eleitoral. Não quero entrar no mérito se deve ou não haver, é uma análise de consequência. Acho que vai ser tumultuado até as eleições, mas a aproximação delas vai descomprimir o cenário. Seja pelo Lula, seja pela terceira via”.

Classificação Indicativa: Livre  



Por: Divulgação  Por: Redação BNews

Nenhum comentário