Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

BNDES libera empréstimo de até R$ 20 mil para quem é MEI


 O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), com objetivo de auxiliar microempreendedores afetados financeiramente pela pandemia da Covid-19, criou o Microcrédito Empreendedor, uma linha de crédito que permite empréstimo de até R$ 20 mil para quem é MEI (Microempreendedor Individual). O crédito pode ser utilizado para capital de giro e investimentos como obras civis, aquisição de máquinas e equipamentos novos ou usados, e compra de insumos e materiais.

O empréstimo para MEI do BNDES pode ser solicitado por pessoas físicas e jurídicas empreendedoras de atividades produtivas de pequeno porte, ou seja, aquelas que obtenham receita bruta igual ou inferior a R$ 360 mil em cada ano-calendário.  

A taxa de juros do empréstimo é negociada entre o agente operador e o cliente, não podendo passar de 4% ao mês, considerando-se já todos os encargos. Também há uma taxa administrativa que poderá ser cobrada pelo agente operador no ato da abertura de crédito, não excedendo 3% sobre o valor financiado.

O pedido pode ser realizado por meio do Canal MPME, no site do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social ou consultar as instituições financeiras que oferecem redes próprias de agentes operadores de microcrédito. Também é possível dirigir-se ao agente operador do BNDES Microcrédito mais perto de sua cidade/região.

De acordo com o BNDES, não serão exigidas garantias reais, uma vez que a maioria das transações tem como garantia o aval solidário. Em todos os casos, o agente operador analisará a possibilidade de concessão de crédito e as condições do empréstimo.

Cartão de crédito

O BNDES também oferece cartão de crédito para os microempreendedores individuais, com taxa de 1.1% ao mês, o crédito é pré-aprovado e rotativo. Além disso, o cartão é aceito em mais 70 mil lojas do país e com possibilidade de parcelar as compras em até 48 meses.

Para solicitar o cartão de crédito do BNDES, o MEI precisa ter uma conta corrente no Banco do Brasil, Banrisul, Banco do Nordeste, Benestes, Bradesco, BRDE, Caixa, Itaú, Santander, Sicoob e Sicredi.

Classificação Indicativa: Livre 



Por: Divulgação  Por: Redação BNews

Nenhum comentário