Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Mais de 100 passageiros são assaltados em ônibus na manhã desta terça (08)


 Pelo menos 130 passageiros em três ônibus diferentes foram vítimas de assalto a mão armada na manhã desta terça-feira (08) em pontos diferentes de Salvador. Ninguém ficou ferido, no entanto, os suspeitos chegaram a ameaçar de morte os passageiros, caso eles não entregassem os pertences ou ocultasse algum bem. 

O primeiro caso aconteceu por volta de 05h10 na Estrada do Derba, região do subúrbio ferroviário, a linha alvo da ação criminosa foi Fazenda Coutos - Pituba, nesse carro haviam cerca de 70 passageiros. O ônibus lotado não inibiu o ato ilícito, segundo o motorista do coletivo que presencia pela 8ª vez um assalto durante o trabalho. “Já são conhecidos na região por praticar assaltos, eles se escondem e quando paramos em determinados pontos, eles surpreendem e invadem o veículo. Hoje mesmo não vimos nenhuma viatura e esse apoio da polícia é inconstante sabendo que já é uma área visada”, afirmou o trabalhador. 

Ele disse ainda que os criminosos partem para cima logo dos passageiros, pois sabem que todo mundo tem celular. “Eles ameaçaram logo dar tiro em troca do aparelho, nem os cobradores ou eu somos mais os alvos porque não há dinheiro no veículo e sim com quem estamos transportando. Não podemos ficar reféns, tanta gente já perdeu a vida por isso, algo mais enérgico tem que ser feito”, desabafou. 

A segunda ocorrência foi na linha Cabula VI - Ondina e 40 passageiros levaram prejuízo material, além de ficarem assustados com a ameaça de dois homens armados com facas. 

Por volta de 07h da manhã, foi a vez do ônibus Pituba x Boa Vista de São Caetano com mais 30 pessoas a bordo. Uma passageira chegou a passar mal com a ação, já que o suspeito pegou a bolsa e jogou todos os pertences em cima da vítima e disse que a mataria, caso não encontrasse nada - o celular dela foi levado e, em seguida, o suspeito fugiu. 

Parte das vítimas dos assaltos desta manhã seguiram para o Grupo Especial de Repressão à Roubo de Coletivos (GERRC).   /Por: Reprodução/ TV Record 

Nenhum comentário