Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Repórter afirma que foi demitida por estar acima do peso


 Após 12 anos trabalhando na TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo na cidade de São José dos Campos, a jornalista Marcela Mesquita foi demitida nesta segunda (10) após o retorno da licença-maternidade. 

Ela comunicou, em sem perfil nas redes sociais, a saída da empresa, além de agradecer os colegas e telespectadores que acompanharam a sua trajetória por mais de uma década na emissora. No relato, Marcela comentou que um dos motivos de ter sido convidada a sair da empresa foi o seu peso. 

"Agradeço pela parceria e, principalmente, por terem me dado a mão quando tiraram o meu chão. Quando fui afastada da reportagem por estar acima do peso, foram os meus amigos que não me deixaram cair. Os de lá e os de cá. Vocês que acompanham o meu trabalho também me ajudaram nessa caminhada mandando mensagens de carinho e, mesmo não me vendo na TV, continuaram comigo. Obrigada!!!".

A jornalista disse, em conversa com o UOL, que foi colocada na geladeira em 2017 por conta do peso. "Na época, fui informada pela chefe de redação, Terezinha Almeida, que a direção tinha decidido me afastar porque eu estava 'fora do padrão', 'acima do peso'. Foram esses os termos que usaram", disse.

Mesmo com ajuda de psiquiatra, psicólogo e nutricionista, e tendo emagrecido cerca de 15 kg, pediu para retornar para o vídeo, mas o pedido foi negado, principalmente por José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, dono da TV Vanguarda. 

A repórter ainda ressaltou que seu peso não diminui seu empenho no jornalismo. "Meu talento não tem relação com meu peso". 

A coluna do Splah, do UOL, entrou em contato com a Rede Globo para entender o assunto, mas até o fechamento da matéria, não houve resposta.   /

 Por: Redação BNews

Nenhum comentário