Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, usou suas redes sociais nesta segunda-feira (31) para criticar a ação da Polícia Militar em Recife, durante os atos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) realizados no último sábado (29).

Durante os atos, dois homens foram atingidos pela PM com balas de borracha nos olhos e perderam parte da visão. Daniel Campelo da Silva, de 51 anos, e Jonas Correia de França, de 29 anos, não participavam do protesto contra Bolsonaro.

Mendes classificou a situação como "cenas de truculência e brutalidade da ação policial" e manifestou preocupação.

"As cenas de truculência e brutalidade da ação policial em Recife causam imensa preocupação com o despreparo das forças para lidar com manifestações de grande porte, que tendem a se tornar frequentes em 2022. Dois homens que sequer manifestavam perderam um olho. Até quando?", questionou. /Por: Fellipe Sampaio /SCO/STF 

 

Nenhum comentário