Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Hélio Ferreira rebate Marcelle Moraes: ‘Parece que ela é a dona dos animais’


 O vereador Hélio Ferreira (PCdoB) rebateu a colega Marcelle Moraes (DEM) após a edil acusá-lo de plágio ao anunciar nas redes sociais que conseguiu levar o projeto Castramóvel para os moradores da Cidade Baixa, em Salvador.

Em nota, Hélio disse que “a primeira coisa que precisa ficar claro é que o projeto que criou o castramóvel não é de autoria da vereadora Marcelle Morais”. “Esse Projeto de Indicação – PIN 001/2013, protocolado no dia 04/02/2013 é de autoria da ex-vereadora Ana Rita Tavares. Se você pesquisar um pouco vai perceber que essa luta sempre foi de Ana Rita Tavares”, disse. 

“Parece que ela é a dona dos animais, que é a única que pode falar dos animais. É um individualismo que não leva a nada. Sobre a questão de plágio, copiei um termo técnico da área de saúde veterinária que está em vários sites”, rebateu.

“Enquanto vereador de Salvador, eu posso solicitar qualquer serviço da prefeitura para as comunidades da capital e, inclusive, fui o primeiro vereador de Salvador a criar uma ferramenta chamada Fiscalize Salvador que aproxima o cidadão dos poderes públicos”, contou.

Outro ponto rebatido pelo vereador é sobre os rodoviários, categoria que ele faz parte. “Marcelle Moraes cita que eu não cuido dos rodoviários, mas ela deveria respeitar a categoria. Todos sabem que essa é uma das minhas bandeiras de luta”, pontuou.

Confira a nota na íntegra:

Após ser acusado nas redes sociais e nos meios jornalísticos pela Vereadora de Salvador Marcelle Moraes por ter publicado uma notícia relacionada ao castramóvel, venho falar sobre essa situação. A primeira coisa que precisa ficar claro é que o Projeto que criou o castramóvel não é de autoria da Vereadora Marcelle Morais. Esse Projeto de Indicação – PIN 001/2013, protocolado no dia 04/02/2013 é de autoria da Ex-Vereadora Ana Rita Tavares. Se você pesquisar um pouco vai perceber que essa luta sempre foi de Ana Rita Tavares. Enquanto Vereador de Salvador, eu posso solicitar qualquer serviço da prefeitura para as comunidades da capital e, inclusive, fui o primeiro Vereador de Salvador a criar uma ferramenta chamada Fiscalize Salvador que aproxima o cidadão dos poderes públicos. As pessoas solicitam serviços e busco o atendimento da prefeitura para resolver as situações. Em relação aos ofícios pedindo o castramóvel para a Cidade Baixa, tenho todos eles protocolados e provo que não é fake news. O primeiro foi em Setembro de 2019, Ofício nº 119/2019 e o segundo reforçando o primeiro pedido em Outubro de 2020. A vereadora deveria tomar cuidado ao acusar alguém sem antes ter a certeza do fato.

Sobre a questão dos animais, tenho animais, sou apaixonado por eles e ajudo pessoalmente todos os que simpatizam com a causa e nunca me utilizei disso para me promover nas redes sociais. Como Vereador criei um projeto solicitando um abrigo para retirar os cachorros da situação de rua para que recebam vacinas, cuidados e todo o tratamento necessário. Essa proposta, PIN-518/2020, está na Comissão de Constituição e Justiça e Redação Final, aguardando parecer.

A Vereadora Marcelle Moraes, cita que eu não cuido dos rodoviários, mas ela deveria respeitar a categoria. Todos sabem que essa é uma das minhas bandeiras de luta. Talvez a vereadora não saiba o que é isso, mas eu acordo de madrugada para estar ao lado desses trabalhadores dando todo apoio necessário e lutando por todos eles. A vereadora precisa entender que a causa dos animais é de todos. Já pensaram se todos que defenderem a causa dos rodoviários eu começar a atacar? Quanto mais pessoas defenderem os rodoviários, melhor para a categoria. Da mesma forma, acredito que, quanto mais pessoas defenderem a causa animal, melhor! Volto a reafirmar que Marcelle precisa respeitar os rodoviários, se ela tivesse na frente da luta, negociando para que não ocorram demissões, vendo pais e mães de família passando necessidades por conta da crise que se instalou no transporte público, ela não falaria isso. Respeite os Rodoviários de Salvador! Em nenhum momento eu usei seu nome para difamar sua luta. 

Parece que ela é a dona dos animais, que é a única que pode falar dos animais. É um individualismo que não leva a nada. Sobre a questão de plágio, copiei um termo técnico da área de saúde veterinária que está em vários sites, inclusive no site Informe Baiano e da Prefeitura de Salvador. Já pensou você explicar algo sobre a Covid-19 sem utilizar termos técnicos de profissionais da área? Foi uma explicação técnica sobre a castração que qualquer veterinário no país poderia utilizar. 

Quem me conhece sabe que sou uma pessoa da paz, apaziguador, não ataco ninguém, pelo contrário, meu perfil é conciliador. Muito me entristece sua militância vir me difamar nas redes sociais. 

Precisamos focar em discutir o melhor para Salvador como sempre fiz e continuarei fazendo!/


Por: Divulgação  Por: Redação BNews

Nenhum comentário