Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Com depoimento adiado na CPI, Otto pede que Pazuello apresente testes anti-Covid; veja vídeo


 O senador baiano Otto Alencar (PSD), na abertura dos trabalhos da CPI da Pandemia no Senado Federal nesta quarta-feira (3), pediu ao presidente da comissão, Omar Aziz (PSD), que fosse pedido ao general e ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, a apresentação dos exames de detecção de Covid-19.  

A ida do antigo titular da pasta da Saúde estava marcada para hoje, mas na terça-feira apresentou justificativa de que teve contato com dois assessores positivados. A ação foi vista como tática do Planalto para blindar o militar e, consequentemente, o governo federal. A tropa de choque bolsonarista tentou transformar o depoimento presencial para remoto, fato descartado pela CPI, cuja ida de Pazuello foi remarcada para o dia 19. 

“É claro que pelo respeito que eu tenho ao exército brasileiro sobretudo ao comandante do exército. E ele tem fé pública. O ex-ministro Eduardo Pazuello tinha tido com dois coronéis, assessores, assessores e que esses assessores estavam contaminados pela Covid-19. Eu não quero, de maneira nenhuma, deixar de acreditar nisso, eu acredito piamente. No entanto, por se trata uma comissão parlamentar de inquérito onde a verdade tem que ser plenamente dita na sua essência, né?”, disse Otto.

“E se por acaso é o próprio ex-ministro da saúde que vai vim aqui dia dezenove, se ele pode até trazer a confirmação de realmente desses testes que foram feitos PCR, que foram feitos e confirmados porque dá um conforto maior ainda ao próprio ex-ministro Pazuello, como general, eu acredito nele, mas como existe na imprensa aí várias, eu li várias matérias questionando isso talvez e não fica bem pra instituição do porte do Exército seria até confortável se ele pudesse trazer”, completou.

*O editor Victor Pinto está em Brasília para acompanhar a CPI da Covid. 


 Por: Reprodução / TV Senado 

 

Veja vídeo:

Nenhum comentário