Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Bolsonaro recebe enxurrada de críticas após lamentar morte de Paulo Gustavo: 'Cínico'


 O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) usou suas redes sociais para lamentar a morte de Paulo Gustavo. Ele estava internado por complicações da Covid-19 e não resistiu a doença na noite desta terça-feira (4).

O chefe do Executivo desejou forças para os familiares do comediante e para aqueles que também perderam seus parentes por causa das complicações da infecção do vírus, mas logo foi criticado pelos internautas que lembraram os episódios em que ele minimizou a doença.

"Meus votos de pesar pelo passamento do ator e diretor Paulo Gustavo, que com seu talento e carisma conquistou o carinho de todo Brasil. Que Deus o receba com alegria e conforte o coração de seus familiares e amigos, bem como de todos aqueles vitimados nessa luta contra a Covid", escreveu Bolsonaro. 

O governo está sendo investigado pela CPI da Covid, que teve início nesta terça-feira (4), por supostas irregularidades e omissão durante a crise sanitária. Até o momento, sabe-se que a gestão federal recusou por 11 vezes ofertas de vacinas contra a doença. 

“Teu projeto segue de vento em popa. É a tua ‘imunidade de rebanho’, é o seu tratamento precoce, que custa a vida de pessoas brilhantes como o Paulo. Lava tua boca pra falar dele, seu verme”, escreveu Maria Bopp, atriz, comediante e roteirista. 

“Que Deus em sua infinita misericórdia consiga te perdoar, dificilmente nós aqui na terra vamos”, tuitou o deputado federal Andre Janones.

"Você tinha como ter salvado ele e mais milhares de pessoas. Mas você preferiu rir da doença, negar as vacinas, debochar de quem perdeu pessoas pra doença, fazer pouco da dor de todo mundo", disse uma internauta.  /Por: Marcos Corrêa/PR 

Nenhum comentário