Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Idosos protestam após suspensão da aplicação da segunda dose da vacina em Salvador; veja vídeo


 Idosos que estavam na fila da UBS Ramires Azevedo, no Campo da Pólvora, em Salvador, protestaram na manhã desta quinta-feira (29) após descobrirem que não haviam doses para a segunda aplicação da vacina que combate o coronavírus. Eles também reclamam da dificuldade do agendamento. 

Os idosos alegam que em seus cartões de vacina possuem marcação da aplicação da segunda dose para este dia 29. 

Muitos afirmaram que dormiram na fila para conseguirem garantir a aplicação e alegam só terem tido conhecimento da suspensão pela manhã, apesar da secretaria da Saúde da capital informar desde quarta-feira (28) sobre a falta de doses. 

Em nota, a secretaria da Saúde informa que há 15 dias está sem receber novas remessas para garantir o tempo hábil da viabilidade da vacinação. “Na última semana o titular da pasta, Leo Prates, já havia alertado que o estoque da D2 disponível na capital duraria por um período de aproximadamente 12 dias como forma de, também, pressionar o Governo Federal sobre a necessidade do envio de novo lote do imunizante para não comprometer o esquema vacinal do grupo prioritário”, informa o texto. 
 

Vídeo do repórter Mateus Borges (Record)


Confira a nota na íntegra da secretaria:

A Secretaria Municipal da Saúde esclarece que Salvador completa nesta quinta-feira (29), cerca de 15 dias sem receber nenhuma remessa da vacina Coronavac. 

Na última semana o titular da pasta, Leo Prates, já havia alertado que o estoque da D2 disponível na capital duraria por um período de aproximadamente 12 dias como forma de, também, pressionar o Governo Federal sobre a necessidade do envio de novo lote do imunizante para não comprometer o esquema vacinal do grupo prioritário. 

Após o anúncio feito pelo gestor, 8 mil pessoas (das 22 mil que ainda não haviam comparecido na data indicada para receber a D2) se dirigiram aos pontos de imunização para receber a segunda dose acelerando o avanço da estratégia da cidade e, consequentemente, a baixa rápida do estoque. Nesta quinta-feira só receberão a D2 as pessoas que fizeram agendamento pelos serviços de Hora Marcada e Vacina Express. A SMS acrescenta que aguarda o recebimento de lotes D2 da Coronavac para seguir com o fechamento do esquema vacinal da população alvo. 

O Ministério da Saúde afirmou ser "improvável que intervalos aumentados entre as doses ocasionem redução na eficácia do esquema vacinal". Em Nota Técnica, acrescentou ainda que “ações estão sendo viabilizadas de forma a promover a garantia da compensação e fechamento dos esquemas (D1+D2) dos grupos prioritários iniciados, com as novas remessas a serem recebidas na primeira quinzena de maio”.

Vale destacar que a aplicação do imunizante AstraZeneca/Fiocruz ocorre normalmente para primeira e segunda doses. //Por: Reprodução 

Nenhum comentário