Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Com três gols de Rossi, Bahia goleia o Campinense por 7 a 1, e se classifica na Copa do Brasil


 A última lembrança do Bahia na Copa do Brasil não é nada boa. No ano passado, a equipe, ainda comandada por Roger Machado, foi eliminada ainda na primeira fase para o River-PI. O Esquadrão queria fazer diferente este ano, e mostrar que a eliminação em 2020 não passou de um acidente.

Para isso, um empate contra o Campinense-PB bastava. E venceu por 7 a 1, de virada, com três gols de Rossi, dois de Juninho Capixaba, outro de Gilberto e um de Kemerson contra. Cadu descontou para os donos da casa. Belo jogo do Bahia e classificação com autoridade.

O Esquadrão não tomou conhecimento da Raposa na primeira etapa, foi quase um jogo de ataque contra defesa. Mas, num momento de desatenção, o zagueiro Juninho falhou, e no bate e rebate, Cadu aproveitou a sobra e chutou na saída do goleiro Douglas, abrindo o placar.

Apenas quatro minutos depois, o Bahia empatou com uma belíssima bicicleta de Rossi. Apenas três minutos depois, veio a virada, após bela jogada de Gabriel Novaes, que tocou rasteiro para Rossi, bem colocado, apenas empurrar para o fundo das redes. O Tricolor ainda perdeu um pênalti, após batida de Gilberto, que fazia sua estreia na nova temporada. Mas no fim, o camisa 9 chutou e quando tentava tirar, Kemerson mandou para dentro da própria meta, fazendo  Bahia ampliar o placar.

Com 3 a 1 a favor do placar e com a vantagem de de se classificar com um empate, o Bahia voltou para a segunda etapa apenas para controlar a partida, e logo no início, ampliou com Rossi, após passe de Gilberto. Em ritmo de treino, o Esquadrão dominava a partida, e após substituições, com um renovo em campo, Juninho Capixaba, que acaba de entrar, recebeu um passe do dono do jogo, Rossi, e fez um belo gol de cobertura.

O Campinense ainda tentou diminuir, mas dava muito espaço. E numa escapulida, fez o sexto gol com Gilberto, após cruzamento rasteiro de Juninho Capixaba. Com muitos erros, o Bahia aproveitou e fez o sétimo, mais um de Capixaba, que entrou bem no jogo.

PRIMEIRO TEMPO 

Logo aos 3', O Bahia avançou com Rossi, que cchegou na linha de fundo, pela direita, e cruzou para Gilberto, que se antecipou e cabeceia firme. Rubens Júnior fez a defesa no ângulo e mandou para escanteio.

Aos 7', Matheus Bahia cruzou na área, buscando Gilberto. O centroavante, próximo ao segundo pau, ajeitou para Rossi, que chegou chutando firme, mas mandou a bola por cima da meta rubro-negra.

Mandando no jogo, o Esquadrão queria o triunfo. E aos 9', Gabriel Novaes recebeu de Rossi em boas condições, mas de costas para o gol, matou no peito e tentou uma bicicleta. Se ele acerta, seria um belo gol, mas o atacante pegou mal e mandou por cima.

Aos 17', o zagueiro Juninho falha, e Ruan Carlos finalizou de bico dentro da área, mas viu a bola sobrar para Cadu, que chutou sem chances para Douglas Friedrich. 1 a 0 para os donos da casa.

Aos 18', Gabriel Novaes recebeu dentro da área, com liberdade, e finalizou firme. Rubens Júnior fez uma linda defesa e salva o Campinense.

Aos 19', mais uma vez o Esquadrão quase marca. Rodriguinho cobraou escanteio, Rubens Júnior saiu mal do gol e, no segundo pau, Lucas Fonseca cabeceou para o gol. Em cima da linha, Sérgio Vinícius salvou o Campinense.

Aos 23', o empate veio, e que golaço. Rossi recebeu lindo passe de Daniel dentro da área, dominou no peito e, sem deixar a bola cair, aplicou uma linda bicicleta, que cobriu Rubens Júnior e morreu no fundo das redes.

Ligado no jogo, a virada chegou rápido. Aos 26', Gabriel Novaes encarou a marcação do Campinense, entrou na área e bateu cruzado para Rossi, que, no lugar certo e na hora certa, só empurrou para dentro do gol. Grande noite do atacante, que marcou os dois do Tricolor.

Aos 31', o Esquadrão ainda perdeu um pênalti. Gilberto foi para o cobrança e bateu no meio do gol. Rubens Júnior caiu para o lado esquerdo, mas defendeu a bola com os pés.

Aos 40', o árbitro da partida maroua tiro livre indireto a favor do Campinense. Ele acusou que o goleiro Douglas pegou com a mão um recuo de Daniel. Bola na entrada da pequena área. Na batida, Aleffe chutou forte, mas o goleiro consertou o erro e fez a defesa.

O Bahia ampliou o placar aos 44', após Gilberto aproveitar rebote em lance que Júnior Gaúcho salvou em cima da linha, o atacante dominou e bateu. Kemerson tentou afastar, mas acabou mandando a bola contra o próprio gol. 3 a 1 para o Tricolor.

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou da maneira que terminou a primeira, com o Bahia fazendo gol. Logo aos 3', Gilberto recebeu sozinho dentro da área e serviu Rossi, que, sozinho, só empurrou a bola para dentro do gol. Foi o terceiro do camisa 7 do Tricolor. Que bela partida do atacante.

Aos 7', Edson aproveitou sobra na entrada da área e bateu firme. Só que, o volante pegou por baixo da bola e mandou por cima do gol.

Aos 11', Gabriel Novaes desperdiçou grande chance de ampliar. Após passe de Rossi, ele driblou um defensor, mas chutou em cima do zagueiro.

Aos 13', o quinto gol do Esquadrão. Rossi fooi à linha de fundo e cruzou no segundo pau, para Juninho Capixaba, que finalizou bonito e encobriu o goleiro Rubens Júnior, que só assistiu a bola morrer nas redes. 5 a 1 para o Bahia.

Apenas aos 22', o Campinense conseguiu assustar o Bahia. Cadu ajeitou para a chegada de Jackinha. O lateral chegou soltando o pé e levou muito perigo ao gol de Douglas, que só pôde fazer um golpe de vista e torcer para a bola não entrar..

Aos 28', Daniel arriscou o chute de muito longe e obrigou Douglas a fazer uma bela defesa, no alto.

O Bahia fez o sexto gol na partida. Aos 36', Juninho Capixaba entrou na área com liberdade e cruzou a bola para dentro da área. No segundo pau, Gilberto chegou para marcar o sexto gol do Tricolor.

Aos 43', Juninho Capixaba na entrada da área, limpou para a perna direita - que não é a boa - e arriscou um chutaço, no ângulo de Rubens Júnior. Que belo gol. 7 a 1, goleada estrondosa.

FICHA TÉCNICA:

Campinense-PB x Bahia - Copa do Brasil (1ª Fase)

Data: 09 de março de 2021
Horário: 21h30 (Horário de Brasília)
Local: Estádio Amigão, em Campina Grande-PB
Árbitro: Dyorgines Jose Padovani (ES)
Auxiliares: Fabiano da Silva Ramires (ÉS), Vanderson Antonio Zanotti (ES)
Cartão amarelo: Marcelinho (CAM), Júnior Gaúcho (CAM), Matheus Bahia (BAH)
Gols: Rossi 3x (BAH), Juninho Capixaba 2x (BAH), Gilberto (BAH) Cadu (CAM), Kemerson contra (CAM).

Campinense: Rubens Júnior; Allefe, Kemerson, Júnior Gaúcho e Jackinha; Gabriel Pereira, Rafinha e Marcelinho (Daniel); Cadu (Bruno Freitas), Matheus Régis e Marcos Nunes. Técnico: Ederson Araújo.

Bahia: Douglas; Nino Paraíba (João Pedro), Lucas Fonseca, Juninho, Matheus Bahia (Juninho Capixaba), Patrick de Lucc, Daniel (Edson), Rodriguinho (Alesson); Rossi (Thiago), Gilberto e Gabriel Novaes. Técnico: Dado Cavalcanti.

 Galáticos Online

Nenhum comentário