Rádio Nova Rota - PARCEIRA - Aperte o player para escutar.

Notícias

Barroso diz que "eventuais excessos" da Lava-Jato não podem desviar o foco da "corrupção sistêmica" do País


 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso avalia que "eventuais excessos" da Operação Lava-Jato, revelados por diálogos entre procuradores da força-tarefa, não podem desviar o foco do combate a corrupção existente no Brasil. 

De acordo com informações do jornal O Globo, o jurista afirmou durante entrevista ao historiador Marco Antonio Villa no último sábado (13), existe uma "operação abafa" em curso para enterrar as ações de combate à corrupção. 

“Não é esse o ponto, alguém ter dito uma frase inconveniente ou não. É que estão usando esse fundamento pra tentar destruir tudo que foi feito, como se não tivesse havido corrupção. O problema do Brasil foi a Lava-Jato e os seus eventuais excessos, não foi a corrupção” ironizou. 

Barroso acrescentou que eventuais excessos devem ser objeto de atenção, sem que o “foco seja perdido”. Na avaliação do ministro a corrupção brasileira é “estrutural, sistêmica, institucionalizada”.   /Por: Roque de Sá/Agência Senado  
 

Nenhum comentário